top of page
  • Frederico Freitas

Oportunidades Profissionais na Indústria de Hidrogênio Verde


Um Projeto de médio porte com capacidade de eletrólise de 120 MW tem potencial para gerar 3.400 empregos na cadeia produtiva. Em projetos com capacidades de eletrólise superiores a 2,0 GW o número de empregos poderia chegar a 68 Mil. São exemplos de algumas das Oportunidades Profissionais na Indústria de Hidrogênio Verde.


Este é o resultado de um estudo, elaborado por empresa especializada, e publicado pelo Jornal Valor Econômico. A matéria é muito assertiva apontando o potencial de novas oportunidades de carreira quando o assunto é a instalação de Plantas de Hidrogênio Verde.


Avalio que existem outras oportunidades de carreira que vão além da instalação propriamente dita. É exatamente este aspecto que apresento neste texto.


Vejamos algumas áreas de conhecimento que irão demandar muitos profissionais com habilidades no mercado de Hidrogênio Verde:


Jurídico, Regulatório & Tributário:

Setores econômicos desenvolvidos têm suas operações orientadas por um conjunto de normas jurídicas, regulatórias e tributárias que trazem segurança para o investidor privado ao aplicar seus recursos e explorar oportunidades comerciais.


Em projetos que exigem alguns bilhões de dólares, como é o caso do mercado de Hidrogênio Verde, esta questão torna-se ainda mais sensível onde os recursos de grandes fundos de investimentos são fundamentais para viabilizar financeiramente tais projetos.


Atualmente, a construção destes marcos regulatórios avançam a nível governamental, com a União Europeia iniciando a construção de suas bases regulatórias apoiada nas suas premissas de neutralidade climática 2050


No Brasil, o embrião de um processo regulatório tem o seu início com os Projetos de Lei 725/2022 e 1878/2022, ambos tramitando no Senado Federal.


Em uma Indústria nascente, como a do Hidrogênio Verde, ninguém tem “respostas prontas” para todas as questões e as normativas jurídicas, regulatórias e tributárias não fugirão à regra.


Será necessária uma construção conjunta, envolvendo o poder público, setores industriais e as diversas esferas da sociedade civil, devidamente qualificadas e organizadas.


Além de abrir espaço para profissionais da área do direito, haverá muito espaço para o profissional com especialização técnica, um consultor técnico jurídico por exemplo, com habilidades para “traduzir” uma questão tecnológica para uma visão textual jurídica.


Project Finance, Gestão de Riscos do Projeto & Portifólio:


Planejar o financiamento de um projeto é determinante para apontar o seu grau de rentabilidade e, consequentemente, sua capacidade de atrair fundos de capital.


A função do Project Finance é montar as operações financeiras e assegurar os recursos inerentes ao início do projeto, a exigibilidade dos pagamentos futuros e outras obrigações monetárias que trazem impacto nos fluxos financeiros do empreendimento durante o seu ciclo de existência.


Naturalmente, operações financeiras possuem riscos associados às incertezas de mercado, fatores geopolíticos etc.


Neste sentido, profissionais capazes de realizar a gestão deste grande número de variáveis, habilidades de mapear oportunidades, levantar riscos e definir as repostas adequadas a cada cenário ganham importância ímpar nas organizações.


Cabe destacar que a certificação Project Management Professional (PMP)® é muito bem-vista por diversas empresas, principalmente as internacionais, por credenciar profissionais com altíssimo grau de conhecimento e detentores de habilidades indispensáveis na gestão de projetos de sucesso.


Emitida pelo Project Management Institute (PMI), instituição fundada em 1969 nos EUA e que dita os padrões globais de governança e gestão projetos, esta certificação é reconhecida e tem acreditação mundial.


Profissionais detentores desta credencial tem grande diferenciação no mercado de trabalho.


Especialistas em Processos Industriais:


Não adianta produzir Hidrogênio Verde sem que tenhamos um uso e/ou aplicação para este vetor energético.


Ao longo de décadas, toda a cadeia industrial global definiu seus processos industriais baseados no uso de derivados do Petróleo como fonte energética de suas bases produtivas.


Setores Industriais com grande peso no PIB Mundial como Mineração, Siderurgia, Química, Cimento etc., utilizaram, e ainda utilizam, combustíveis fósseis para gerar energia fundamental na produção de seus insumos e mercadorias.


Imagine o universo de máquinas, equipamentos e processos industriais que foram desenvolvidos tendo os combustíveis fósseis como sua base para gerar força motriz.


Perceba que a descarbonização destes e outros setores industriais, não ocorrerá pela simples substituição de um combustível fóssil pelo Hidrogênio Verde. É preciso ajustar máquinas, equipamentos e processos industriais para este novo vetor energético.


Não é difícil prever uma nova demanda por profissionais altamente qualificados, com habilidades de remodelarem maquinários e equipamentos para operarem de acordo com as características físicas e químicas de um gás que é 14 vezes mais leve que o ar e tem densidade energética 3 vezes superior a qualquer combustível derivado do petróleo.


Segurança Operacional, Armazenamento & Transporte:


Se o primeiro desafio da nova indústria de Hidrogênio Verde é sua produção, podemos afirmar que o segundo é como desenvolver, em um cenário de ampliação da capacidade produtiva, uma Operação Segura além realizar o Armazenamento e Transporte deste novo vetor energético.


O Hidrogênio “cinza”, atualmente produzido com gás natural por exemplo, é largamente usando em setores industriais, portando já existem procedimentos normativos de segurança previamente estabelecidos.


Novos players de produção de hidrogênio verde replicarão estes padrões de segurança, já existentes para essas atividades. A questão é que para replicar tais padrões de segurança serão necessários profissionais treinados, qualificados e devidamente credenciados.


Outro aspecto é que o Hidrogênio Verde vai impor uma mudança significativa na logística dos produtores, o que pode significar uma produção distante do centro consumidor. Este cenário fica evidente quando olhamos para a Europa que busca em outros continentes, países capazes de atender sua demanda interna por Hidrogênio Verde.


Isto provocará o surgimento de uma nova Infraestrutura de Logística, Transporte e Armazenamento com Tecnologias capazes de responder às preocupações de segurança, pessoas, meio ambiente e integridade das instalações e ativos industriais.


Posso dizer que surgem novos espaços para Engenheiros de Segurança do Trabalho, Técnicos Industriais e inúmeras outras oportunidades em diversos campos profissionais.


Em uma análise conclusiva, é preciso ter em mente que o Hidrogênio Verde promoverá uma mudança nas bases da Economia Global, com foco em uma sociedade “descarbonizada” e atividades econômicas, cada vez mais, voltadas para baixas emissões de CO2.


Trata-se de uma mudança profunda, que afetará toda a economia mundial sem limitar-se e/ou isolar-se em um segmento econômico específico.


Neste cenário, as Oportunidades Profissionais não têm limites!



189 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page