top of page
  • Frederico Freitas

Energy Techs trazem inovações ao Setor Elétrico


No momento em que o mercado busca formas de melhor utilizar as energias limpas e renováveis, startups focadas no mercado de energia surgem como resultado da revolução energética.


Chamadas de Energy Techs, estas empresas desenvolvem, entre outras coisas, soluções focadas na eficiência da produção, distribuição além de mecanismos para certificar que a energia foi produzida por meio de fontes renováveis ​​e sustentáveis.


Para entender esta transformação, é importante saber que a construção do setor de energia ocorreu no século passado em um ambiente puramente analógico. Cabe registrar também a presença de monopólios de geração, transmissão, distribuição, rígidos processos de comercialização e lentidão das agências reguladoras etc.


Entretanto, a urgência de se fazer uma Transição Energética para uma Economia de Baixo Carbono, um mundo completamente digitalizado e ultra conectado mudou, de forma disruptiva, este cenário.


As Energy Techs vieram para ficar e suas soluções estão criando soluções práticas para o Setor Energético, mudando e forçando o surgimento novos modelos de negócios. Ao tornar o ambiente de negócios mais aberto e acessível, não há dúvidas de que essa tendência se consolide nos próximos anos.


Em pesquisa realizada no ano de 2021 pela empresa Distrito Dataminer, plataforma responsável por desenvolver tecnologias e conectá-las a novos modelos de negócios, identificou 157 startups de energia naquele ano.


Desde 2015, mais de US$ 85 milhões em financiamento de capital de risco foram concedidos a esses negócios em todo o mundo. Isto mostra que o crescimento deste setor específico é um fenômeno global e o Brasil, com um grande potencial energético renovável, terá grande participação neste mercado.


O setor de energia brasileiro vive um momento propício para a aceleração de startups devido às mudanças tecnológicas e regulatórias em curso. As principais apostas de hoje estão ligadas a atividades como:


  • Uso do Blockchain na certificação de origem para a Geração de Energia Renovável.

  • Internet of Things ( IoT ) para Sistemas de Eficiência Energética.

  • Uso do Machine Learning para Mobilidade Elétrica.

  • Rastreamento da origem da eletricidade, como a tecnologia Blockchain para certificar o Hidrogênio como Verde e/ou de Baixo Carbono.


Neste cenário, novos modelos de negócios e tecnologias aparecerão muito rapidamente. Não caberá às Energy Techs a tarefa de produzir energia renovável, a elas está destacada a função de melhorar a forma como a energia é usada e reutilizada.


A sociedade está cada vez mais consciente da necessidade de redução das emissões de CO2 como forma de combater as mudanças climáticas. Essa tendência continuará a crescer em popularidade e importância ao longo do tempo. Chegamos ao tempo em que as inovações tecnológicas são a chave para um mundo sustentável!


96 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page